18º Confup: Atividade cultural será com o cantor baiano, Gerônimo

[Da imprensa do Sindipetro-BA]

O cantor, compositor e instrumentista baiano Gerônimo é a atração cultural do 18º Confup. A live, com a apresentação do cantor, acontece na sexta-feira (17), às 20h e pode ser vista nas páginas do facebook e youtube da Federação Única dos Petroleiros e do Sindipetro Bahia.

A escolha do cantor para a live da Federação que representa petroleiros de todo o pais, busca valorizar a Bahia, estado onde o petróleo foi descoberto e a Petrobrás nasceu. Gerônimo é também filho de petroleiro – o pai trabalhou na Refinaria Landulpho Alves – e o artista já fez uma música (Abafabanca) onde, em sua letra, revela que por volta do ano de 1961 na Bahia “só quem tinha geladeira era petroleiro”, relatando a ascensão econômica de negros operários do setor de petróleo, “quando o peão virou burguês e até pensou que fosse o rei”.

Um dos pioneiros do axé music, Gerônimo já tem mais de 20 discos gravados e é um daqueles compositores que conseguem imprimir um toque bastante pessoal em tudo o que faz.

Com um trabalho peculiar e muito criativo, suas músicas caem facilmente no gosto popular. É D’Oxum é uma dessas composições, que já foi inclusive, trilha de novela. Outras composições de Gerônimo que marcaram época são Agradecer e Abraçar, Jubiabá e Menino do Pelô.

Mesmo em casa, ninguém vai conseguir ficar parado ao som do merengue, lambada e fricote, ritmos sempre presentes nas músicas do artista, que também é conhecido pela sua excelente presença de palco.